DEPOIMENTOS

Saiba o que os expositores da Brasil Brau têm a dizer:

Se não me engano, participamos da Brasil Brau desde a primeira edição. Sempre viemos e trouxemos para o nosso estande lançamento de produtos ou produtos que a gente tenha em exposição para o público ver, tocar, cheirar. Trazemos o nosso time de representantes e vendedores para que possam encontrar os clientes. Tem muita gente que se conhece aqui, pois só conversa por telefone. Então é muito bacana estarmos presentes onde nossos clientes estão, outros fornecedores e todo o mercado cervejeiro. Teve a pandemia, ficamos sem feira e agora a gente veio com uma expectativa muito positiva. Imaginávamos que teriam muitas pessoas, mas a quantidade acabou surpreendendo, principalmente no primeiro dia. Eu nunca vi um primeiro dia de feira como aquele! Trouxemos 1000 litros de cerveja para distribuir para o pessoal, já é uma tradição nossa, para que as pessoas se sintam em casa, batam um papo e conheçam os produtos, conversem com nosso time técnico, vejam todas as soluções que a gente tem para oferecer. É muito bom poder estar perto do pessoal, reencontramos pessoas e clientes que não víamos há quatro anos. Foi uma experiência muito bacana e estamos ansiosos pela próxima.


Vitória Schwarz, analista de Comunicação - Agrária

Estamos usando a Brasil Brau como termômetro para entender o mercado e estávamos ansiosos para voltar. Tivemos contato com decisores importantes do mercado de cervejeiro e batemos nossa meta de contatos. Nossa expectativa é que a Feira continue trazendo novidades e prospecções quentes ao longo do ano. Pra gente é muito importante ter o relacionamento com o cliente pessoalmente para podermos melhorar cada vez mais e cultivar essas relações.


Alam Correa, Diretor - Beer Sales

Para nós, foi bem interessante, é a nossa primeira vez na Brasil Brau. Estamos entrando nesse mercado cervejeiro. Estamos no mercado há bastante tempo em outros segmentos. Foi muito legal porque conseguimos conhecer bastante gente da área, compartilhar sobre nossos produto, trazer um pouco de conhecimento, principalmente em relação a questão dos microrganismos deteriorantes na indústria cervejeira e apresentar nossa solução para esse segmento. Pretendemos voltar em 2024.


Luisa Zaiden, Gerente de Produto - Biomérieux

A feira está sendo muito boa, estamos fazendo vários contatos, encontrando o pessoal das antigas. Muita gente ficou parada ou acabou fechando, infelizmente, por conta da pandemia. Mas a maioria está de volta. Fechamos vários negócios e temos expectativa de fechar mais até o final do dia. A feira está muito bem organizada, o público está bem seleto. Superou as nossas expectativas.


Maurício Lourenço, Sócio - Bolachas para Chopp

Achei que os dois primeiros dias foram bem interessantes, nós recebemos um público bem qualificado, bastante gente, tanto das cervejarias artesanais, quanto das de maior porte. Foram dias bem produtivos e bastante interessantes pra gente e, pelo que vi, também para os outros expositores. O resultado foi muito bom. Pretendemos voltar na próxima. A Brasil Brau tem um crescente bem legal, ela vem acompanhando o desenvolvimento do mercado cervejeiro e isso é importante para o mercado e para nós também.


Carlos Parra, Diretor - Engarrafador Moderno

A feira superou as expectativas. A gente imaginou mesmo que o pessoal viria com vontade de ver novas coisas, encontrar amigos e depois de três anos foi um grande reencontro. O mercado agora vem numa crescente de consumo, de novos projetos, então a feira veio num momento oportuno e trouxe a presença de pessoas muito importantes, isso foi uma sensação positiva que tivemos. A percepção de que encontramos aqui na feira pessoas que tomam as decisões, que ajudam a montar projetos e fazem o segmento acontecer. Encontramos aqui velhos amigos, foi gratificante encontrá-los aqui depois da pandemia, com saúde e vontade de continuar participando do cenário cervejeiro nacional. Alguns contatos de pessoas de fora do Brasil, da América Latina, e isso também é importante porque mostra que estão de olhos nas tecnologias e como se comporta o mercado brasileiro. A gente acaba sendo um exemplo para eles, o que acontece no Brasil depois de um tempo se reflete nos mercados vizinhos. Ficamos muito felizes, valeu cada centavo do investimento e isso com certeza vai refletir nos próximos dois anos em negócios e projetos. E esperamos o novo evento daqui há dois anos com muita ansiedade e cheio de ideias.


Volmir Roberto Gava, CEO - Egisa

Para nós, da Fermentis, o evento está sendo surpreendente e muito bom. Acho que depois de três anos, havia muita expectativa, tanto é que no primeiro dia, logo na abertura às 13h, já estava lotado. Nossa participação como patrocinadores foi extremamente positiva e pretendemos continuar na próxima edição.


Flavio Falqueiro, Regional Sales Meneger Brazil - Fermentis by Lesaffre

Estivemos presentes na Brasil Brau de 2022 patrocinando o Congresso e levando muita conexão, diversão e conhecimento cervejeiro para o público do evento. Fomos com a marca Eisenbahn, que tem como objetivo democratizar o conhecimento cervejeiro, então estamos muito felizes com essa parceria e de fazer parte desse time Instituto da Cerveja e Brasil Brau. Pela primeira vez estamos fazendo parte da feira, então estamos muito contentes e aguardando os impactos que a gente vai trazer para o mercado com essa parceria. Pretendemos voltar em 2024 com ainda mais iniciativas e contribuindo ainda mais para o evento.


Patricia Sakakura, Coordenadora de eventos e educação cervejeira do Grupo HEINEKEN - HEINEKEN

Para o Instituto da Cerveja, fazer parte da curadoria do Congresso é uma grande oportunidade. Acompanho o evento há muitos anos, era uma responsabilidade muito grande fazer parte disso e é um orgulho ter participado. É também um desafio com poucas janelas de palestras conseguir atender um mercado muito diferente do que era há 15 anos, ou seja, concentrado nas grandes cervejarias que queriam informação técnica. E hoje um mercado majoritariamente artesanal de um público muito diverso, que quer ouvir sobre diferentes coisas – o lado técnico de tecnologia cervejeira, sommeliaria, diversidade, digital marketing. Foi um desafio com poucos slots encontrar as pessoas, os temas corretos e conseguir agradar ao público.
O feedback que a gente teve da organização é que foi o Congresso com maior participação dos últimos anos. Ainda não tivemos tempo de recolher feedbacks formais, mas os que já tivemos até o momento foram muito positivos.


Alfredo Ferreira, Sócio-diretor do ICB - Instituto da Cerveja Brasil

A gente participou como visitante em outras edições da Brasil Brau e a gente participou também de outras feiras. Como esse ano a gente foi em Blumenau – como visitantes também – e a feira estava bem vazia, então a nossa expectativa era de que o público estaria mesmo em São Paulo. A gente acreditou, apesar de muita gente dizer que o movimento ainda não voltou. Tem que acreditar para voltar o movimento e foi realmente o que aconteceu. A feira foi muito proveitosa em termos de negócios. No primeiro dia, estávamos muito ansiosos. É a primeira feira que a gente participa com a Brasil Brau, então não sabíamos como ia ser, em questão de fluxo. O nosso stand, como ele não é de esquina e tem um hidrante ali na frente, achamos que dificultaria muito, mas não teve problema. Nós ficamos muito felizes, estamos satisfeitíssimos. Nós já falamos com o pessoal, achamos que este será a primeira de muitas participações. A gente com certeza irá participar das próximas, vale muito à pena. A gente quer pegar espaços maiores, outras posições. Acreditamos que o mercado tem muito a crescer ainda, nessa retomada. As empresas, os empresários, tem que acreditar nisso, porque se ficar retraindo não vai ajudar em nada, é até pior. Nós temos que acreditar no Brasil e realmente investir. Está dando certo, a feira foi isso, até hoje foi um sucesso. Todos os dias cheia, com clientes antigos que vieram prestigiar e muitos novos clientes, de regiões que a gente nem imaginava atingir.


Diogo Takayama, CEO - Íris Pay

Participamos da Brasil Brau há umas cinco edições. A retomada foi bem bacana. Todos os nossos principais clientes vieram aqui, o pessoal estava esperando. Nossos top 10 clientes vieram nos visitar. Saiu bastante negócio. Acho que o que foi mais interessante em relação ao que trouxemos foram as novidades. Não trouxemos nenhum produto de prateleira. Foi realmente tudo que a gente estava preparando nesses anos de pandemia e no que vínhamos nos especializando. E mostramos que também estamos entrando na parte de serviços, além de produtos. Pretendemos voltar em 2024.


Ederson Cavalin, Diretor Comercial - Memo

A feira atendeu as nossas expectativas, com conversas bem encaminhadas e agora vamos transformar nossos relacionamentos em negócios. Os visitantes são de ótima qualidade e buscaram o tempo todo informações no nosso estande e a feira estava muito bem organizada. Daqui 2 anos a gente se encontra novamente.


Fabricio Palagi, Diretor - Panelox

A Brasil Brau é uma feira de relacionamento para que a gente possa encontrar nossos clientes, trazer novas soluções e tendências para o mercado. Estaremos com certeza aqui no mesmo lugar no próximo encontro. Todo esse reencontro com nossos clientes é muito importante para cultivarmos nossos relacionamentos.


Julia Browne, Coordenadora de Marketing - Prozyn

Foi a retomada do mercado, foi sensacional. Para nós, em termos de posicionamento de marca, com essa retomada do evento, está sendo fantástico, fizemos várias parcerias e negócios. O primeiro foi o melhor dia, não paramos um minuto, foi muito insano. E o legal é que esse ano, das 1600 cervejarias, vieram muitas que acho que estão pela primeira vez na Brasil Brau, então o resultado foi muito bacana. Já participei das edições de 2017 e 2019, como visitante, apoiador de mídia ou fazendo cobertura, mas essa é a nossa primeira vez com o estande.
As renovações foram o que mais me surpreendeu na feira. Tem muitas coisas novas no mercado que solucionam dores reais do mercado. A gente vê que o mercado cervejeiro está ficando mais unido. E a organização da Brasil Brau ficou muito boa. Cada expositor já tinha tudo montado, nada foi de última hora.


Jean Moro, CEO - RememBeer

Fazer a Brasil Brau em 2022, pós-pandemia, tem vários significados para nós, enquanto apoiadores de mídia. Fazemos parte do evento há 8 anos, então a gente vem acompanhando a história e o crescimento. Hoje, vemos muito além da consolidação, vemos a retomada de um projeto que tem muito a cara do cervejeiro nacional. Basta ver o que foi o movimento do evento, algo sensacional, maravilhoso. Ver isso acontecer no mercado cervejeiro, pelos caminhos da feira, é oxigênio para nós. Perceber que o mercado está sofrendo, mas tem um potencial gigantesco. Foi exatamente isso que a Brasil Brau proporcionou para o mercado cervejeiro. Foi sofrido, passamos dificuldades nesses dois anos, mas o mercado está aqui e sedento pela retomada. Acho que a Brasil Brau está de parabéns pelo fato de realmente apostar nisso, fazer a feira esse ano. Acredito que não deva ter sido uma decisão fácil, mas foi muito assertiva. Acredito que os expositores estejam muito satisfeitos. Além de business, temos um contato humano muito grande. Eu saio realizado.


Fabricio Scalco, Diretor da Revista da Cerveja - Revista da Cerveja

Esta já é a 5 edição que participamos, 2022 foi uma das melhores edições, estávamos com saudades de encontrar nossos clientes, conseguimos realizar bons negócios e a Brasil Brau superou as nossas expectativas em relação a qualidade de visitantes. Com certeza na próxima bienal estaremos aqui.


Marina Witt, Gerente Internacional de Eventos - VLB Berlim

A experiencia foi muito boa, superou bastante as expectativas. A gente veio de dois anos de pandemia e o que percebemos é que o pessoal estava sentindo falta do contato, do calor humano. Muitos clientes aqui, inclusive alguns que não frequentavam a feira antes, acho que esse é o melhor indicativo do sucesso do evento. A organização também foi muito boa. Em termos de negócios, para gente é importante estar aqui por conta dos nossos clientes mais tradicionais, que vem do Brasil inteiro. Mas, tivemos novos negócios também, principalmente com a nossa licenciada Prodooze, que atende micro cervejarias, home brewers e brew shops. Estaremos na próxima edição e em outras, sempre.


Felipe Landmann, Sócio e Diretor - Wallerstein

Esse ano foi bem proveitoso, estávamos há um tempo sem feiras. Em 2019 foi a última. Os dois primeiros dias foram bem movimentados, hoje (1/06) foi mais devagar, mas ainda assim deu um movimento bom e a feira está sendo bem proveitosa. Sobre negócios, fechamos poucos, mas conseguimos bastante prospecção. Prospecção futura para negócios que ainda vão virar. Foi uma feira de relacionamento e de voltar a se conectar com os clientes, ficar olho no olho. Os clientes realmente vieram de todas as partes do Brasil. O pessoal veio buscar abertura de negócios futuros.


Adejan Ticz, Coordenador Comercial - Zegla

A gente conseguiu fazer bons negócios. O público está muito bom. Na nossa equipe percebemos que o público é qualificado. É interessante o formato de credenciamento, de ter apenas pessoas que são ligadas ao setor. Isso para a gente que está na ponta de cá querendo vender equipamentos, querendo fazer negócios com a turma, é legal porque o público é muito qualificado. Estamos recebendo muitos clientes interessados, reais potenciais clientes. A gente trouxe para a feira algumas soluções com relação a câmaras frias para automação de chope. Então isso realmente é um diferencial para o público. Acho que somos um dos poucos expositores aqui com este tipo de equipamento.


Leandro Spaniol, Gerente de Marketing - Zero Grau

GL events Exhibitions – CNPJ 05.494.572/0001-98

Desenvolvido por Agência Guppy

Política de Cookies